terça-feira, setembro 22, 2009

Um post que mudou o meu dia...



Existem muitos motivos para eu, um dia, me ter apaixonado pela blogosfera. Acredito no poder curativo das experiências relatadas em sites tão próprios. Acredito que, no silêncio da leitura, tomamos consciência de muitos dos nossos erros e falhas e criamos um plano para os ultrapassar. Retiramo-nos muitas vezes do mundo real para nos perdermos na vivência de outros seres com defeitos e qualidades como cada um de nós. É terapêutico e faz-nos crescer.


Hoje, enquanto fazia mais uma viagem, deparei-me com uma temática curiosa: Ser, Amar, Viver.  Gosto muito de títulos sugestivos, que me façam ganhar expectativas sobre o que vou ler. E hoje foi, deveras, diferente. Hoje senti-me completamente atropelada. Tirei 13 minutos do meu tempo para ver os tais vídeos curiosos. Debati-me com um exemplo de humildade não forçada, de alguém que tem tudo na vida mas mesmo assim não desiste nem se sente superior, colocando-se num pedestal. Ouvi com atenção tudo o que foi dito e dei por mim a tirar notas mentais...


Esta postagem fez-me regressar à tarde de ontem, passada num café com a Cátia, em que trocávamos ideias sobre aquelas pessoas a quem falta humildade e se julgam as maiores quando, na verdade, não fizeram nada, não marcaram ninguém e teimam em não enxergar a realidade de solidão em que vivem.


Eu gostava muito que essas pessoas parassem e vissem este vídeo. Nós somos as amizades que temos, as pessoas que marcamos, a ousadia que transbordamos. Nós somos a diferença no amor, a espera na tristeza, a esperança na desilusão dos outros. Não queremos arrogância nem prepotência. Queremos igualdade e dedicação, respeito e reconhecimento na simplicidade. Será assim tão dificíl de perceber que se consegue conjugar sucesso e simplicidade, humildade e grandiosidade?


Eu não entendo o que vai na cabeça dessas pessoas. Só sei que hoje sorrio porque, afinal, aquilo que aspiro ser um dia é, de facto, possível.


E aqui vos deixo a inspiração do meu dia e um desafio para o vosso:

Parte I


Parte II


Your time is limited, so don't waste it living someone else's life.

6 comentários:

Cátia disse...

Coincidência ou nao as primeiras palavras que troco contigo hoje no msn foi: "Aquele blog...Que cena :O"

Eu também me deixei levar e gastei 13minutos... mas que bem gastos!!
Estes minutos levam-me a pensar em tanta coisa que já me disseram nos últimso tempos... umas que me levam a querer desistir e tantas outras que me dão força para avançar, dar voz ao meu coração, perder por momentos a racionalidade de arriscar ser feliz!! :P


Ontem mais uma vez houve a partilha, a dedicação.. e ontem não ouviste só da minha boca que deves ter calma... que todos nós te entendemos e que mais cedo ou mais tarde aquelas pessoas perceberão que estão sozinhas no mundo.... e a nossa vida sem amigos não tem um sabor muito doce!!



Mais uma vez gostei daquele nosso encontro... uma terapia ao ar livre que sabe tão bem!!


Um xi coraçao minha Mimosa :)

Mariquita disse...

"pessoas a quem falta humildade e se julgam as maiores quando, na verdade, não fizeram nada, não marcaram ninguém e teimam em não enxergar a realidade de solidão em que vivem." ... Já tive um infeliz prazer de ter pessoas destas cruzadas no meu caminho, a servir de muro à minha passagem. Gess What?! Saltei o muro sem o derrubar, sem o espezinhar... Apenas saltei e segui o meu caminho, mas agora olho para traz, para o "muro" e penso que há pessoas verdadeiramente tristes, não sabe o que é viver, não conhecem a experiência fascinante que é ter amigos verdadeiros, mas teimam (e continuam a fazê-lo) teimam em ser barreiras ao desenvolvimento dos outros!! E não se tocam! E parece que bater com a cabeça não resolve! Não evoluem!

Desabafo... desculpa lá xD assim que tiver um bocadinho vejo o video. Mas não consegui resistir

Bruno disse...

ia dizer que também tinha perdido os 13minutos, mas não!!! investi esse tempo no video... porque estas historias nunca é perca de tempo...
a da apple/next/pixar já conhecia, não sei porquê mas este pessoal de outras gerações tiveram sempre grandes histórias xD

beijoca...

Maria disse...

conheço esse vídeo há uns anos e confesso que volto a ele muitas vezes, sempre que alguma coisa corre mal, sempre que alguma coisa corre bem ou sempre que me apetece eu vejo-o, admiro-o e cada vez me fascina mais esse homem Grande que é o Steve Jobs.
gosto muito de ti, muito *

korrosiva disse...

Há sem duvida blogs e posts inspiradores... não será o caso do meu, mas ainda bem que os há por aí!
ehehehhe

beijinhoss ;)

André disse...

Eheh... Lamento... Eu sou muito mais perspicaz a escrever histórias e teorias esquisitas do que a comentar. Ainda assim, costumo ler quase toda a gente que sigo. Na maior parte das vezes nunca sei bem o que deva dizer ou comentar. Não é por mal. =x

Eu também vi esse video. Esse blog é muito bom. Bom demais até, arriscar-me-ia a dizer.

Beijinhos