quinta-feira, dezembro 27, 2007

Beijos de luz e de terra
E num passado imperfeito
Um fogo farto no peito
E o mundo longe de nós!

terça-feira, dezembro 25, 2007

Ilumina-me

Que neste Natal encontrem a luz que vos ilumine. Merry Xmas!

sábado, dezembro 22, 2007

Uma nova aventura...

E amanhã começa uma nova aventura...

Mais um C_Radical Natal se aproxima. É o C_Radical número 6. É o 2º em que faço equipa. Estou muito orgulhosa por mais uma vez contarem com a minha ajuda. O Capitão Bernardo é que a sabe :P

É já amanhã que nos vamos reunir todos novamente para prepararmos o dia de Domingo. Vai ser um dia cheio de actividades, completamente preenchido e onde há pouquissimo tempo para respirar :P Pelo menos para a equipa. Muita coisa tem que ser feita. Mas é por isso que somos uma equipa. Para nos ajudarmos mutuamente.

Tenho fé de que vai correr tudo bem. Basta darmos o nosso melhor :) E eu conheço o potencial de quem me acompanha.

Já tou com saudades só de falar.

Agora vou ver se vou dormir porque é necessário recarregar baterias... Andar com uma tia às comprar é dose :P


PS: Aqui fica um beijinho para os meus meninos do CF 1049 - Força meus amores :)


Fui-me recarregar :P *

segunda-feira, dezembro 17, 2007

Aqui deixo uma dica...

Detesto joguinhos intriguistas... E é nisso que teimam em me colocar. Ando eu na minha azáfama diária, às vezes nem tenho tempo para mim e há quem ainda me arranje mais com que me preocupar. A essas pessoas deixo aqui um recadinho...


Preocupem-se mais com as vossas vidas. Se elas não são demasiadamente preenchidas o problema não é meu. Para isso é que servem os passatempos como ir ao ginásio ou fazer ioga. Faz muito melhor à vossa rica saúde do que andarem a elaborar joguinhos.


Daqui fala alguém que se preocupa deveras com a vossa saúde, tanto emocional como física. Não quero um dia ser responsável por um aumento da hipertensão arterial ou por uma depressão. A vida é tão bela. Não percam o vosso precioso tempo.


Eu agradeço.

quarta-feira, novembro 07, 2007

De mim para ti...

Always remind you!


6 de Outubro de 2007
5 meses...
Eu sei que parece estúpido mas eu conto todos os dias... Cada dia que passa é mais um dia que bate aquela saudade.. Do sorriso, do olá com euforia, da palhaçada, de TI.. Tu sabes como foi dificil ir ter contigo.. Tu deves ter-te apercebido da forma como ficaram presas as minhas pernas, da forma como colapsou o meu estômago, da forma como doeu o coraçao, da forma como começaram as lágrimas a cair.. Mas eu precisei de ouvir aquela palavra de incentivo.. Essa palavra veio na hora certa. Foi dito o que queria ouvir. E tu sabes o que foi. E sabes também quem a disse... Mas mesmo assim eu sei que não cumpri a minha parte toda. Tinha lá algo para ti mas não me consegui aproximar mais. Nao deu. Desculpa. Mas vai dar. Quando? Não sei mas tem que dar. É que depois de tomada a decisao não há como voltar.. :)
Mais um dia passou e lembrei-te imensas vezes. Lembrei a alegria que tinhas... Manda aí alguma dessa alegria cá para baixo para ver se consigo fikar um pouco mais parecida contigo... :) Manda algo para conseguir prosseguir um pouco mais :D *
Fico à espera! Beijinho fofinha!

sexta-feira, novembro 02, 2007

Magoada...

É assim que me sinto.
Magoada!
Mas não foram as grandes coisas que me deixaram assim... Foram aquelas pequeninas coisas que deixamos passar porque achamos insignificantes... Mas quando damos por elas magoam mais que as grandes...
E porquê?
Porque vão sendo pedrinhas nos sapatos, que não magoam no instante mas se caminharmos muito tempo com elas logo vemos a ferida que ganhamos...
Porque vão sendo como estas cascas de mexilhão... Para tirar esta e mais fotos tive que pousar a mão... Quando me dei conta tinha a mão completamente cravada e com uma pequena ferida...

Eu mais uma vez não dei importância.. Mas no dia a seguir foi impeditiva de muitas tarefas...
Acho que agora basta tratar todas as pequenas feridas que tenho no coração com muito carinho.. E esperar que elas não sejam impeditivas de felicidade...
*

terça-feira, outubro 23, 2007

Que escrever?

Tantas e tantas são as vezes que abro uma nova postagem e fico estanque a olhar para o monitor e para o teclado e não sai absolutamente nada. Hoje é um desses dias. Mas também é dia de vencer a falta de ideias. É dia de dar asas à imaginação e escrever qualquer coisa... Nem que seja parva... Ora deixa cá ver...

(5 min depois)

Lá fui eu falar com um amigo meu... Ele sugeriu que constatássemos o seguinte facto:
"Porque é que as mulheres têm sempre tanto por onde escolher e acabam sempre por escolher o que não presta?"
Eu decidi que todos em conjunto podiamos ajudá-lo :) Começo eu... Vou mandando umas perguntas para o ar às quais ele vai responder.. Depois publico a entrevista aqui e vocês vão ser críticos.. Fazem mais perguntas ou comentam as respostas... Agora por favor tenham respeito... Isto é uma coisa muito séria :P *

Entrevista:

(Lamenta-se o tempo de espera mas ele é uma pessoa muito ocupada e tem que pensar bem no que diz. LOL)
Ceci - Ora então vamos começar... (depois de tanto tempo á espera :P )
Explique-me lá onde é que quer chegar com essa constatação? Em que campos é que mais constata isso?

H.A. - O que pretendo saber é se a ter uma vasta variedade por onde escolher, se torna a pessoa indecisa e ao mesmo tempo com pouco valor critico. Ou seja, se ao teres muito por onde escolher, se se escolhe o primeiro produto que tenha uma publicidade, centrada no design, ou se se procura saber mais sobre todos os produtos, para escolher o melhor. (Resumidamente... As mulheres ao serem muito cobiçadas vão com o aquele que tiver mais paleio e saiba disfarçar um mau produto com uma boa apresentação? Ou avaliam as suas qualidades e remexem muito até encontrar o que é melhor? Ficamos desde já a perceber que os campos que o H.A. está a falar são os que envolvem relações :P )

(Fazemos um breve intervalo para nos culturarmos uma beca :P * LOL)

video

BACK! =P

Ceci - E porque é que diz isso? Não está a ser um pouco generalista? =P
H.A. - Claro que estou a ser generalista, não vou discutir a vida de ninguém, mas sim discutir o que geralmente acontece em algumas situações.... Claro que há excepções! (Isto é ele a ser simpático :P Ah! E ele também disse que eu era uma excepção LOL :P)

Ceci - Como sabe temos leitores do sexo masculino e do sexo feminino.. Não acha que a sua opinião vai criar polémica, ao ponto de não conseguir controlar a sua dimensão?

H.A. - Se fosse um tema que não causasse polémica, não tinha interesse colocar no teu blog... Já que poucas pessoas iriam comentar... Assim pões várias cabeças a discutir e a pensar no tema, e poderemos aprender uns com os outros... Se usarem argumentos credíveis... Claro... (Ele adora terapia em grupo :P )
(Agora invertem-se os papéis...)
H.A. - Então e você já passou por uma situação de escolha deste género? Se sim, o que fez escolher quem escolheu? Acha que fez a escolha certa?

Ceci - Já passei sim. E sinceramente, só me costumo arrepender daquilo que não faço. Por isso fiz a escolha que fiz e mais nada. Foi mau por um lado e bom por outro. Por isso, não me arrependi e se fosse hoje faria da mesma forma. (Ele tinha toda a razão quando dizia que eu era excepção :P LOL) Ok. Eu sei que é uma resposta politicamente correcta mas é a verdade. Posso ainda acrescentar que me desiludi seriamente com a opção que fiz mas essa desilusão também me levou a verificar que a outra opção conseguiria ser ainda mais desoladora.

H.A. - Podia ter ficado sozinha. Mas não. As mulheres têm medo de ficar sozinhas. Apoia esta minha opinião? (É só para avisar que não sou machista! LOL)

Ceci - Na nossa mente idealizamos o amor perfeito. Acho que não é uma questão de ficarmos ou não sozinhas. Existe é sempre uma enorme vontade de o encontrar. E então a "busca" torna-se um tanto mais intensiva. A maioria dos homens não pensa tanto nisso como nós e os que pensam já são mais velhos que tu e com outra experiência :P (Agora estou a chamar-lhe inexperiente. Cheira-me que isto não chega ao fim! LOL)

(Porrada nos bastidores! LOL)
Pedimos desculpa mas vamos ter mesmo de encerrar esta entrevista porque os intervenientes estão aqui em graves conflitos. Por isso deixamos um apelo aos visitantes.. Que tal ajudarem na obtenção de uma resposta? A sua participação é necessária.
A sua opinião conta. E nós contamos com ela. =)
Uma boa noite!!
Realização: Parvoíces do costume! :P

sexta-feira, julho 20, 2007

Já no Verão...

Ora bem... Ainda ontem estava em exames, atolhada em trabalho e a pensar constantemente nas férias que se avizinhavam... Agora que estou de férias estou com receio de que a preguiça ou até mesmo o conformismo tornem estas férias aquém das expectativas.


Ok. Eu sei que a humanidade tem problemas bem mais sérios mas estes problemas são os meus. Nos meus planos está sem dúvida encontrar-me com aquelas pessoas que estão normalmente longe de mim e que são super importantes! Eu necessito mesmo que esses encontros se dêem porque necessito de respirar novos ares, encontrar aquelas partes de mim que estão por aí espalhas, acorrentadas a cada pessoa que faz ou fez história na minha vida. Sim é de vocês mesmo que eu preciso. =) A Internet vai ajudando mas estou realmente a falar de encontros pessoais. Aqueles encontros onde vejo o sorriso, onde pode ocorrer o toque ou o abraço, onde tudo é real. Onde tudo é tão real que não queremos que acabe nunca. Se são presenças reais neste mundo porque nos devemos cingir à Internet? Ela veio facilitar não veio substituir. Porque nada substitui um olhar profundo. Sim, esse olhar que por vezes nos incomoda, deixa envergonhados ou até mesmo nos denuncia.

Quero vida nas relações que tenho com vocês amigos!

(...) Ás vezes dou por mim a pensar no pouco que cada mudou a minha vida e tenho pena de por vezes não ter tornado eternos esses momentos. A memória é traiçoeira e por tanto nos lembrarmos, por vezes desgastamos esses pensamentos e acabamos por os alterar um pouco. Era deveras gratificante poder sentar-me numa esplanada de café, com o mar como cenário a recordar cada momento com cada um de vocês.


Secalhar eu penso de mais, ou vocês pensam de menos. Mas gostaria mesmo muito que este sentimento fosse recíproco.


Nunca deixei de ser uma sonhadora. Nunca deixei de ansiar pela perfeição. Eu sei que por vezes só vejo o que os meus olhos querem ver, ou só prefiro ver isso para não me desiludir. Eu sei que estou errada e que o mundo não é tão cor de rosa assim. Mas depois de tantas cacetadas que o mundo já me deu prefiro sonhar... Sonhar porque sonhando posso acordar das coisas menos boas que o mundo me dá...
Divaguei e divaguei e divaguei...

Mas só quero que saibam, peças do meu puzzle, que se depender de mim estarão sempre encaixadas em mim ;)

quarta-feira, março 07, 2007

Um pouco de dedicação...

Houve alguém que um dia me disse para não pensar só nos outros mas também em mim! Então decidi dar-me um mimo, reunindo muitas das recordações que tenho de momentos que nunca serão esquecidos! =) ***

sábado, março 03, 2007

Reencontro é sinónimo de Renascimento =)


RENASCE EM MIM


Se um dia ficasse sem ti,
Olharia as estrelas do céu,
P’ra lembrar que viveste por mim.
E p’ra sempre guardar-te,
Para sempre lembrar-te,
Na marca de um gesto meu.

Renasce em mim,
Mostra como ama alguém,
Que precisa de mim
P’ra mostrar o melhor que Deus tem.

O que eu sinto não posso explicar,
É difícil saber e dizer;
O que eu tenho não posso negar,
Qu’é aquilo que eu quero, É aqui que eu desejo
E não vou abandonar.

Reviver o que vivi,
Renascer contigo,
Conquistar o teu espaço astral,
Pois quem ama não teme o bem e o mal.

Porque hoje o convívio 1000 vai renascer mais um pouco! Vamos estar todos juntos para fortificar a chama que nos une!! Que saudades amigos =) Até já!!

quarta-feira, fevereiro 14, 2007

O amor nos tempos modernos




O amor é o sentimento mais universal que existe. Juntamente com a capacidade de pensar, é provavelmente, a principal caracteristica que identifica o género humano. Para alguns, é o amor que faz com que o mundo gire, a razão da existência, o único pelo qual vale a pena morrer.Escritores, artistas e cantores fizeram do amor protagonistas das suas obras...


Amores clássicos foram os de París e Helena (por cuja beleza se fez durante 10 anos a guerra de Troya, contada por Homero); o de Marco Antonio e Cleopatra (cuja paixão parou o Império Romano), ou o de Romeo e Julieta, os célebres personagens da tragédia de Shakespeare.Outros autores, compreenderam que o amor é o único que prevalece ante a trivialidade da vida.Contaram-no quando o tiveram, e choraram-no quando o perderam.


O cupido continua sendo hoje em dia um personagem actual. O filho de Vénus continua lançando as suas flechas de amor.Romeo e Julieta continuarão encarnando-se em qualquer lugar do mundo, em qualquer condição, sem importar a idade ou a cor. Porque a necessidade de amar é mais forte que qualquer obstáculo.


O amor é a alma da criação e a sensação mais maravilhosa que pode apoderar-se dos nossos sentidos; é poder e também é magia. Mil e uma tentativas não puderam descrevê-lo com justiça, apesar de ser reconhecido como o sentimento mais nobre que o ser humano pode possuir.


Se não o tens, procura-o. Se o possuis conserva-o, porque as alegrias do amor a nada são comparadas.


Feliz Dia dos Namorados =)




Porque o amor pode assumir qualquer cor!

quinta-feira, fevereiro 01, 2007

Somos Um!

Somos Um



Coisas novas vais tu ver
Mas depois vais dizer...
Não percebi!

No teu jovem coração
Vives na confusão...
Já compreendi!

Hás de sobreviver
Pois apoio tu vais ter!
Os entraves nós vamos vencer.

Ao teu lado estarei
Que orgulho sentirei!
E a força está em SERMOS UM!

Somos um, somos um
Sempre um! (bis)

Filha de um Rei nasci
Meu destino eu vi...
Mas quem sou eu?

Confiar no coração
Buscar paz e razão...
A quem sou eu!

Filha, tu vais crescer
Maus momentos hás de ter
Buscando a paz e a verdade!

Sempre há soluções
Nas piores situações.
Temos força porque SOMOS UM!

Somos um, somos um
Sempre um! (bis)

Somos um, tu e eu
Como a terra e o céu.
O sol traz a felicidade!

Este reino é meu
E um dia será teu.
E a força está em SERMOS UM!

Somos um, somos um
Sempre um! (bis)

Pode ser que um dia compreendamos o que fazem por nós! E principalmente o que ELE fez por nós!

Este post é dedicado a quem faz algo por mim. Quero retribuir ;) Essas pessoas sabem que são importantes! ADORO-VOS!


PS: É por isso que adoro os filmes de animação! Têm sempre uma mensagem muito interessante que vale a pena reter!

segunda-feira, janeiro 29, 2007

Cúmplices




Cúmplices

A noite vem às vezes tão perdida
e quase nada parece bater certo
há qualquer coisa em nos inquieta e ferida
e tudo que era fundo fica perto

nem sempre o chão da alma é seguro
nem sempre o tempo cura qualquer dor
e o sabor a fim do mar que vem do escuro
é tantas vezes o que resta do calor

se eu fosse a tua pele
se tu fosses o meu caminho
se nenhum de nós se sentisse nunca sozinho

trocamos as palavras mais escondidas
e só a noite arranca sem doer
seremos cúmplices o resto da vida
ou talvez só até amanhecer

fica tão fácil entregar a alma
a quem nos traga um sopro do deserto
olhar onde a distância nunca acalma
esperando o que vier de peito aberto

se eu fosse a tua pele
se tu fosses o meu caminho
se nenhum de nós se sentisse nunca sozinho


quinta-feira, janeiro 25, 2007

Reshape

Não podemos continuar a pensar que ser lagartixas não nos leva a lado nenhum. Se formos persistentes e acreditarmos que podemos sempre ir mais longe, não importa os obstáculos. Mais ou menos depressa conseguiremos nos transformar em borboletas.
Não vale de nada arranjar desculpas para o nosso comodismo! a vida está ai portanto mexe-te! Evolui! traça objectivos e vence para que possas voar bem mais alto!

**

segunda-feira, janeiro 22, 2007

Untitled

Eu abro os meus olhos
Tento ver, mas fiquei cego
Pela luz branca.
Não consigo lembrar-me como,
Não consigo lembrar-me porquê.
Eu estou deitado aqui esta noite.
E eu não consigo aguentar a dor
E eu não consigo fazê-la ir embora
Não, eu não consigo aguentar a dor.

Como é que isto me pôde acontecer?
Eu cometi os meus erros
Não há pra onde fugir.
A noite continua
Enquanto estou desaparecendo
Estou cansado desta vida
Eu só quero gritar
Como isto me pôde acontecer?

Todos estão a gritar
Tento fazer um som
Mas ninguém me ouve
Estou escorregando no precipício
Estou pendurado por um fio
Eu quero começar isto de novo.
Então eu tento me apoiar
Num tempo em que nada importava
E eu não consigo explicar o que aconteceu
E não consigo apagar as coisas que eu fiz
Não, eu não consigo



Este post so foi escrito porque todos os dias pessoas morrem nas estradas portuguesas. e o que me chateia profundamente sao aquelas pessoas que morrem por culpa de outras que nao tiveram respeito nem responsabilidade suficiente. Acabam com essas vidas mas mais do que isso acabam com familias que vivem eternamente na dor da perda do ente querido, ainda pra mais se for por culpa de um outro alguem que bebeu, ou achou giro por a vida em risco. Porque a musica n e so pa ouvir pk se axa giro, e tambem pa entender e tirar liçoes de vida, aki fika esta musica fantastica c este videoclip fantastico k chega a ser arrepiante.

Se não respeitamos a nossa própria vida, ao menos respeitemos a dos outros.

terça-feira, janeiro 16, 2007

Serei Feliz?

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e ser construtor do seu próprio destino.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Todos nós queremos ser felizes. Não há ninguém que diga o contrário.
Mas há muitos caminhos para atingir a felicidade.
Uns querem TER muitas coisas, outros querem SER melhores.

EU quero SER melhor para ser mais feliz.

"Pedras no caminho? Guardo-as todas, um dia vou construir um castelo..."



Porque há sempre um novo nascer do sol, uma nova oportunidade para mudar!



PS: Digamos que este post teve uma ajudinha do Hugo! ;) brigado! ***