quarta-feira, março 19, 2008

Duc in Altum...

Estava para aqui a querer desfazer o nó que sentia na garganta mas as palavras não saiam. Queria falar sobre algo que me fizesse sentir melhor... um pouquinho que fosse. Nada. Não tinha ideias, não tinha inspiração. E lá regressava eu ao relatório. Sim, tenho que fazer um relatório de estágio e a força é O(zero). Há dias assim. Dias que nos deixam mais nostálgicos e sem vontade de lutar.
Mas é quando desesperamos e pedimos, numa breve oração, por uma resposta que esta nos aparece, vinda da forma mais original possível e através daquela pessoa, aquela à qual, secalhar, não demos tanta atenção.
Mandaram-me um link pela Net. Mandaram-me descontrair um pouco...




Mal soaram as primeiras notas eu teletransportei-me para aquele sítio. Estava uma vez mais lá, com aquela gente toda, a demonstrar o quanto há de garra em mim. Tudo para Ele, tudo para quem realmente precisa. Por muito que nem sempre dêem o devido valor, eu continuo a entregar-me na totalidade, a desejar o impossível, a sonhar com o que apelidam de fantasia. Mas se continuo a sonhar é porque essa fantasia tem-se tornado real. Muitas vezes até. E é isso que muita gente não consegue perceber e por isso mesmo não consegue acompanhar. Não consegue andar no mundo em que me refugio tantas vezes... Aquele mundo mágico que me faz idealizar tanto e ao mesmo tempo me dá forças para mudar este. Só que, há dias que parece que me esqueço da senha para lá entrar. Fico ao portão, a olhar para ele. Não tenho a senha, não posso entrar. Mas também não me consigo ir embora. Persisto. E lá continuo eu... A querer encontrar a senha para ir para o meu mundo mágico... É nessas alturas que chegam até mim os anjos da minha vida e me fazem sorrir... Que senha tão simples! Um sorriso... Porque é que teimo em apága-lo tantas vezes? Há tantas situações que são borrachas no desenho da minha vida. Teimam em apagar o que tão belo desenhei. Teimam em borratar as cores vivas que conjugo... Só porque sim! E eu volto a usá-las, a conjugá-las. Nota-se que foram borratadas... Mas também se nota que foram reforçadas. Insisto em desenhar novamente o que foi apagado. Não terá a mesma forma. De certeza que não. Mas virá com novo significado, com nova mudança, com nova vida. E é isto que quero que aconteça. Que perante tamanhas desilusões venha de novo o erguer. Há muito que pintar no meu desenho. Há muito que aperfeiçoar. Há muito para redefinir. Foi sem dúvida esse o motivo pelo qual escolhi o Workshop da Pintura Facial... E aqui fica a prova de que podemos pintar o que quisermos em nós e deixar que perdure até nos fartarmos...



E tu? És capaz de te Fazer ao Largo?

Duc in Altum... Eu quero ser capaz...

6 comentários:

Sights and Smiles disse...

hum... eh bom ver o video e recordar um dia (quase) excelente :) E entao.. deu para te descontraires? Eh bom que sim, senao vou ai ah murtosa (nao sei cm, mas vou!) pego em ti.. e levo-t a um sitio q relaxas logo! um dia vou fazer isto... esta prometido! :) Beijinho*

Saraaaaa (CF 1018) disse...

Ora mto bem, deixa-me ca tentar inspirar...lol

O DMJ é sp uma boa oportunidade para estarmos com bons amigos, divertirmo.nos um pouco, deixar de lado as coisas do dia a dia e entregarmo-nos apenas a Ele e ao próximo!

Eu sei que nem sp é facil, mas se calhar dava jeito lembrares-te mais vezes destes momentos e fazeres deles uma constante na tua vida, para que esta seja cheia de sorrisos e vitórias e não de tristezas, solidão, enfim, pensamentos menos positivos!

Boa? Afinal, é sp necessário que nos façamos ao largo! =)

Abraço fraterno

Nita disse...

Ai.. foi realmente muito fixe..
Gostei da "energia" da musica!
Foi tão bom ver o videozinho XD

Obrigada.. por isto.. por teres lá estado e por tudo =D


Gosto muito de ti*

Ondina disse...

É esta capacidade de sonharmos que nos faz ir mais longe. O DMJ é sinal vivo de que aquilo que sonhamos e pomos em prática, por Ele vale a pena!...

Obrigada pelo teu sorriso neste DMJ!

Andreia disse...

por coicidencia, enquanto procurava um outro video, este veio parar-me as maos. com o soar das primeiras notas, saltei da cadeira e relembrei tudo o que vive nakele dia, aquele dia que tinha um desafio a minha espera ao qual tinha muito medo de não estar a altura...não agraças a mim mas sim a Ele...

soube desde logo que tbm o devias ver...ia-te fazer bem. não há nada melhor do que pequenos momentos como estes pra recarrgar baterias quando estamos com a pressao de trabalho.

"(...)daquela pessoa, aquela à qual, secalhar, não demos tanta atenção.(...)" ja te disse o suficiente ontem acerca disto e espero que tenha ficado bem claro.

nunca deixes de voar pra esse teu mundo de fantasia pois e ele que te dá esse sorriso...começa logo pla "senha" e permanece la dentro sempre e quando és forçada a regressar, podes nao te aperceber, mas regressas com o sorriso...aquele sorriso que nos enche a alma, que nos conforta, que me teletransporta pro teu colo e me dá tranquilidade...

espero que continues sempre a retocar as borratadas que acontecem ao longo da tua vida...e sabes que quando precisares de uma maosinha estarei aqui...

nao sabes o quanto foi importante ter-te presente ao meu lado naquele desafio...axas que me sai bem?axas que consegui dar-me?


fazes-te ao largo comigo?


beijos doro-te muito

Hugo disse...

DMJ foi realmente mtooo fixe...

Não fui no dia anterior ao Féstival, mas também foi engraçado, de manha, ver as caras de zombies do pessoal...lol...


Bjos...