quarta-feira, março 26, 2008

Aguardar...



O guerreiro da luz sabe que, de vez em quando, o combate é interrompido. Não adianta forçar a luta; é necessário ter paciência, esperar que as forças entrem novamente em choque. No silêncio do campo de batalha, escuta as batidas do seu coração. Repara que está tenso. Que tem medo. O guerreiro faz um balanço da sua vida; vê se a espada está afiada, o coração satisfeito, se a fé lhe incendeia a alma. Sabe que a manutenção é tão importante quanto a acção.

Há sempre algo que falta. E o guerreiro aproveita os momentos em que o tempo se detém para se equipar melhor.



O grito de alma de hoje é: Era - Misere Mani

2 comentários:

desarrumado disse...

"o tempo é da gente, o tempo somos nós"

há que estar n'ele... ser com ele... saber ser os diferentes tempos do tempo. qdo o tempo é de recuperar forças, pois então que assim seja:) não falemos de parar pq não se pára qdo se é tempo... descansar, chorar, repousar, respirar, ganhar fôlego são acções. implicam não estar parado. e qdo chegar o tempo de fazer novamente uso das forças, que estejam no seu auge!

beijinho pa tU

Lili_Cruz disse...

Obrigada pelas tuas palavras!=)
Sem dúvida a ajuda chega de onde menos esperamos... e agradeço mesmo aquilo que dixest! Realmente estes ultimos tempos nao têm sido nada fáceis mas depois surgem no meu caminham pessoas assim como tu que adoro conhecer... pessoas que não pedem nada em troca, pessoas que se mostram disponiveis mesmo quando mal as conhecemos!
Adorei conhecer-te e tal como tu gostei muito daquele jantar e do nosso shot (apesar de mal feito)!
Quanto ao teu post... não sei bem explicar porquê arrepio-me sempre que oiço esta música! =)

Beijinhos muito grandes e podes ter certeza que vou passando por aqui pa deixar, nem que seja um simples beijinho.
Mais uma vez brigada!=)