quarta-feira, junho 04, 2008

Vê!


"Olhas-me.

Vês-me?

Sentes-me?

Consegues chegar a mim?

Consegues tocar-me?

Consegues sentir a gélida lágrima que cai do meu rosto?

E o meu sorriso?

É sincero? É terno? É meu?

Estendes a mão... Estendes mais um pouco...

Começas a inquietar-te.

Levantas-te e avanças na minha direcção.

Não consegues alcançar.

Apressas o passo, mais rápido, mais rápido....

Desatas a correr.

Alcanças algo. Sorris.

O sorriso perde-se.

Afinal a única coisa que conseguiste alcançar foi...

A minha sombra, o teu pensamento sobre mim, o que pensaste ter...


(...)


Acorda. Foi um sonho. Mas a realidade não é assim tão diferente... "

Tantas e tantas vezes que damos por nós completamente conformados ao nosso mundinho, acomodados no nosso canto, pensando só em nós. Pensamos que quando algo de menos bom acontecer com o outro iremos notar, uma vez que somos pessoas atentas. Iremos sempre saber o que fazer e o que dizer ao outro. No entanto, a realidade é bem diferente. Estamos tão cingidos a nós mesmos que quando dermos conta, já não fazemos a mais pálida ideia do que se passa à nossa volta. Olharemos uma, duas, três vezes e tudo será estranho. Iremos querer voltar para nos apercebermos do que se passa e já é um pouco tarde. Secalhar todos aqueles minutos que desperdiçaste a dizer que a outra pessoa era forte, tinha coragem e conseguiria ultrapassar os obstáculos seriam os minutos essenciais e fulcrais para a tirares do abismo... Abre os olhos... Olha menos e vê mais!


Ceci *

2 comentários:

maria disse...

Como te compreendo minha Lua, são diversas as vezes em que me sinto tão mal e quando as pessoas notam só me sabem dizer: 'tu és forte, tu consegues, vá, levanta-te!', e, sinceramente, o que mais precisava de ouvir era um simples 'deita te no meu ombro, vamos chorar os dois!'!!
Pensava que era a única a pensar assim, e, como sempre achei, tu iluminas-me.
=)
beijo enorme cheio de saudade *

Andreia disse...

no reencontro que houve de convivio..no fim do filme...aparece uma frase que diz"É preciso observar mais.."
e por incrivel que pareça fiquei com essa frase no pensamento e realmente vou observando e vendo de outra forma as coisas....
talvez inda n seja a forma correcta de ver...se calhar n olho o outro como deveria olhar...
talvez seja essa a minha missao...
talvez...
um mundo feito de talvez e de se...
um mundo feito para observarmos...

gosto-te mtmtmtmt