sexta-feira, novembro 02, 2007

Magoada...

É assim que me sinto.
Magoada!
Mas não foram as grandes coisas que me deixaram assim... Foram aquelas pequeninas coisas que deixamos passar porque achamos insignificantes... Mas quando damos por elas magoam mais que as grandes...
E porquê?
Porque vão sendo pedrinhas nos sapatos, que não magoam no instante mas se caminharmos muito tempo com elas logo vemos a ferida que ganhamos...
Porque vão sendo como estas cascas de mexilhão... Para tirar esta e mais fotos tive que pousar a mão... Quando me dei conta tinha a mão completamente cravada e com uma pequena ferida...

Eu mais uma vez não dei importância.. Mas no dia a seguir foi impeditiva de muitas tarefas...
Acho que agora basta tratar todas as pequenas feridas que tenho no coração com muito carinho.. E esperar que elas não sejam impeditivas de felicidade...
*

1 comentário:

Hugo Araújo disse...

Como eu te compreendo...
Sinto-me assim tantas vezes, até nestes ultimos dias...
Embora não ache, como tu, essas "pequenas coisas" insignificantes, mas penso que ás vezes eu é que exagero e dou-lhes demasiada importancia...mas depois o resultado é o mesmo...

Ainda bem que há pessoas como tu que nunca me fizeram sentir assim e espero que nunca o venham a fazer...

Bjinho Grande