quarta-feira, julho 09, 2008

Quero...

Presa, angustiada, fatigada, atormentada... As minhas mãos estavam presas, os meus pés teimavam em se colar àquele chão frio e inseguro... A voz estava trémula, o coração apertado. Ora sorria, ora queria fugir... Ora voava, ora era vítima de uma queda agreste... As nuvens entraram no meu mundo, os pássaros deixaram de cantar, a brisa deixou de me acariciar o rosto e o ar era cada vez mais escasso. Estava dentro de quatro paredes móveis. Estas deslocavam-se na minha direcção e iam apertando cada vez mais... Mais e mais... Mais e mais... Começava a temer todo a falta de espaço, toda a falta de contacto, toda a perda de fé... Era impossível controlar o seu movimento...

Assim pensava eu...

CHEGA! Estou farta dos cubículos onde me colocam. Farta da forma como me tentam aprisionar. Farta de olhar em volta e ver que poucos são aqueles que vivem e não somente sobrevivem... Chega! Quero sorrisos, quero mensagens sinceras, quero cafés inesperados, quero a brisa do mar numa esplanada, quero diversão nas compras, quero apoio em telefonemas, quero simplicidade, quero amizade, quero amor... Quero vivências verdadeiras, quero certezas incertas, quero delírios e loucuras, quero alguma insanidade quando necessário... Quero simplesmente vida na sua essência! Será pedir muito?


Tira uns meros 5 minutos da tua vida, pára, escuta, lê e pensa... Não custa nada!!

É o grande desafio de hoje... Quem sabe também tu não dizes CHEGA!


Y Ceci

3 comentários:

Hugo disse...

Isso...revolta-te, vive a vida, diverte-te, faz o que gostas...
Eu vou tentar fazer o mesmo...mas só a apartir de sexta feira :P

Bjinhos

Maria Joao disse...

=P Dizer chega as vezes é bom!!!

Por isso força aí!!

Qualquer coisa que precises tou por aqui...basta uma msg!!

Beijinhos

Cátia disse...

Eu tambem queria ser capaz d dizer chega....mx sinceramente ja sabes o k m vai ca dentro...


apenas vim comentar pra te agradecer o apoio, atençao, amizade, sinceridade, disponibilidade e todos os adjectivos possiveis :)


um beijao enorme meu amor