segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Com um grande sorriso nos lábios =)

Pois é! É assim que me sinto hoje. Com um grande sorriso nos lábios. Estes últimos dias têm sido muito intensos. Mesmo muito intensos. A razão deu um pouco de lugar ao sentimento. Deixou de querer ser decisiva nas minha vida e cedeu ao sentimento, deixou que também este tivesse opinião na minha vida. Porque há coisas que são somente para serem sentidas e não explicadas. Foi desde do dia que me disseram e mostraram isto que provei o doce sabor da vida, em toda a sua plenitude.
Se me dissessem que iria ter estes dias eu não acreditava. Até porque tiveram tudo. Confusões, alegrias, tristezas, nervos, sorrisos, lágrimas, revolta, paixão, vontade de voar, controlo, surpresa, amor.. muito amor, especialmente. Tenho amigos fenomenais que não desistem de mim, por muito ausente que esteja, por muita merda irreflectida que faça, por muito que me vá abaixo. Eles estão lá! Sempre e para sempre.

Sexta-Feira, 15 de Fevereiro de 2008 - O dia começou numa grande correria. Tinha estágio até à uma da tarde e à uma e dois já tinha que estar na escola de condução para ir fazer os treinos de preparação para o exame de condução. Apesar de me sentir um pouco mais confiante, o "trauma" de ter reprovado à primeira vez acompanhou-me e não me deixou, por vezes, dar muito mais de mim. Não me deixou mostrar o que realmente sabia. Vinha um pouco desiludida comigo mas sem dúvida mais confiante. Para desanuviar fui tomar café com a Andreia a Aveiro. Mas além da maravilhosa companhia da Andreia ainda levei com 4 marmanjos. Não contava mesmo estar com eles. Foi bastante bom estar com vocês Diogo, Daniel, Filipe e Jorge. A saudade já apertava este coraçãozinho. E assim do nada levar com vocês foi, no mínimo, surpreendente. Parece que naquele momento Ele ouviu as minhas preces. Foi algo de muito transcendente mesmo. =) Depois as mulheres lá seguiram viagem. Uma viagem, no mínimo, diferente. Ouvi e fui ouvida, soltei correntes, vinculei afectos, sonhei e projectei qualquer coisa de um futuro que anseio que seja sempre igual a si próprio: imprevisível. Agora compreendo que tenha que ser assim... O rumo a seguir é este mesmo: viver contando sempre com a imprevisibilidade do amanhã. =) Puseram-me à prova e suponho que superei. Foi depositada nos meus ombros muita confiança. Tanto pelo livro que me deste como pelo convite. Acho que me resta dizer que te adoro muito e que podes contar comigo sempre, para tudo =) Obrigado por acreditares em mim.
Passado este grande momento fui para casa. Muito feliz. Muito confiante. Mas eis que a vida me manda um estalo. Dos bons. Sem dúvida dos bons. Mariana, Inês, Daniela, Beto, Bastinhas... Sei que me tenho ausentado muito. Não vos procurei quando assim o devia ter feito. Preferi não vos preocupar. Mas eis que me afastei. E isso não foi bom. Vocês merecem muito mais. E por isso mesmo vos peço desculpa. Foi bom apertarem comigo para ver se realmente acordava. Conseguiram. À medida que os problemas se foram resolvendo e eu me senti com um pouco mais liberta, consegui aperceber-me de quanto fui injusta. Aqui prometo que voltarei a ser a mesma Ceci que conheceram. E, se algum dia me esquecer, podem mandar mais um estalo. Eu não me importo. Amo-vos! =)

Sábado, 16 de Fevereiro de 2008 - Supostamente era o dia que tinha para ficar em casa a descansar. Mas não. Ás 9h da manhã já estava a fazer uma ecografia. Sinceramente, já não sabia o que era aproveitar uma manhã de sábado. O dia até me pareceu maior e tudo.. (Também não é muito difícil, dada a noite que se teve.. =P ) Fui comprar a minha prendinha a Aveiro, depois fui, como diz o Daniel, pôr-me mais bonita e à noite lá me fui encontrar com muitas das pessoas que me marcam nesta vida. A todos agradeço a presença, os abraços, os parabéns, a maluqueira que tiveram que aturar, tudo. Porque sem vocês nada tinha sentido. Mesmo. Não me imagino a viver aquilo sem vocês. Foram vocês que marcaram cada minutinho. Foram vocês que me devolveram o sorriso. Foram vocês que me fizeram sentir especial. Muito especial. E até mesmo os que não puderam ir não se esqueceram de mim e eu senti-os lá comigo a toda a hora. =) Obrigado a todos pelos mimos que me deram. =) Daniel, aquele brinde foi inesquecível. O brilhozinho nos meus olhos ainda reside... Adoro-te meu mosquetão grande. Hugo, sem dúvida a tua prenda foi a mais original que recebi na minha vida. =) Filipe, há coisas que ficarão para sempre guardadas, por muito que aches que não. Tiago, obrigado pela presença e por me aturares um pouco entornada lool =) Rodolfo e João que surpresa. Viram bem a cara de surpresa quando vos vi. Luv u! =) Mariana, Inês e Bastinhas, companheiros de muitas aventuras, gosto de vocês. Aninhas, aquele abraço, aquele sorriso, aquela força foram essenciais. Obrigado por existires na minha vida pequerrucha. Luísa, companheira de longa data. A distância teimou em nos afastar. Mas já reparaste? O reencontro foi surpreendente. Tanta coisa para contar, tanta coisa para compreender, tanta coisa para sentir. Como foi bom estares presente num dia tão especial. Agora não quero que nos afastemos mais. Não pode ser. Amo-te minha linda. Amigas da Luísa, gostei muito de vos conhecer =) Félix, Daniel, Andreia vocês têm-se revelado muito bacanos... Estou a gostar muito de vos conhecer. Bora combinar mais uma saída? =) Vânia e Creoulo, por mais curta que tenha sido a vossa presença foi muito bom sentir-vos ali, pertinho de mim. =) Vânia... Obrigado pela cama e por me ouvires. Tu servias para estar dentro de um confessionário a ouvir os pecados dos outros loool =P Diogo, pequerrucho do meu coração, obrigado por me teres aturado. Eu acho que podia estar aqui tempos infinitos para te agradecer e não chegava. Percebes o que quero dizer não é? És assim... como é que ei de explicar... Magnífico. Adoro.te sol da minha vida... =) E sim... Posso ser séria em algumas situações. Quando a situação assim o exige eu adapto-me. E tiveste direito a essa situação. Só tu. Guarda-a para sempre. Eu também o farei.
Queria deixar aqui um beijinho muito especial a todos os que me mandaram sms´s. Gosto de ver que não se esquecem de mim. =) Eu também nunca me esqueço de vocês. E, no fim da noite, depois de uns shots e martinis a mais, eis que chego a casa da Vânia. Feliz. Muito feliz. O que me esperará amanhã? (Tanta coisa combinada... Será que vai dar para me desdobrar tanto assim? Logo veremos...)

Domingo, 17 de Fevereiro de 2007 - Hoje sim é o dia. Há 21 anos nasceu mais uma "peste" para o mundo. =) Quando cheguei a casa de ver os caminhos do exame de condução, houve alguém (o Miguel!) que me perguntou como estava a ser o meu dia de anos: mais um igual a tantos outros ou um dia especial? Eu naquela altura só consegui dizer que estava a ser diferente. Faltavam 12h para ele acabar. No entanto, hoje, posso dizer que foi o melhor dia de anos em 21 anos. Ao início da tarde estava a família toda reunida. Apesar de sentir sempre a tua falta Avô, os parabéns este ano foram cantados com mais duas pestinhas... Os meus primos são tudo para mim. E estiveram lá a bater palmas e a soprar as velas. Consegui ver o teu apoio em cada sorriso que eles me deram. Estás sempre comigo =)
Depois ao início da tarde prometi aos meus amores que ia com eles até ao Porto. Tinha de ir não era? Agora percebo o porquê! Tinha de ser naquele café, com uma fatia de salame e com dois seres maravilhosos a cantarem-me os parabéns. Não tive fala. Não sabia o que dizer. Acho que se aperceberam de como tremia. Queria somente que o tempo parasse. Foi assim uma coisa única, como todas as situações que me proporcionam. E quando algo me foi colocado à frente... Acho que vou parar por aqui. Já vos disse tudo o que tinha a dizer. A ti especialmente. Tornas-te o meu dia belo. Fizeste-me acreditar. Obrigado por seres o meu amparo. E consegui parar o momento lá fora no café. Eternizei-o naquela mensagem enviada pelas ruas desertas do Porto. Sem dúvida a cidade que já me fez sonhar muito... E sonhei ao receber também a tua mensagem. Gosto muito de ti. =)
Depois de vir do Porto tive a honra de juntar mais 4 amigos que têm sido o meu pilar na Murtosa. Carla, António, Maribel e Filomena. Não tiveram presente na noite de sábado mas senti-me sempre com vocês. Sem dúvida que a nossa caminhada já dura há anos. E eu sinto-me orgulhosa de ser vossa amiga. São pessoas excepcionais que me dão tanto. Aprendo mesmo com vocês. E ontem ri-me como já não me ria... Os erros ortográficos lá do sítio onde fomos comer ultrapassou tudo. =P Vai um crepe com Moramgos, Chacolate e Amênduas? LOL brutalíssimo. Depois de tanta descontração há que pensar em algo sério. O exame de condução de amanha. (Que noite mal dormida.)

Segunda-Feira, 18 de Fevereiro de 2008 - 9h da manhã. Exame de condução em Albergaria. Fui a primeira. Fiz o exame. Sinceramente, não me apercebi se tinha passado ou não. Para variar lá comecei a tripar. Ainda faltava o exame da outra rapariga. E eu bem que sofria. Tinha um livro à frente para não pensar mais mas acho que li 30 vezes a mesma frase. LOL Quando realmente me apercebi que tinha passado nem queria acreditar. Fiquei tipo barata tonta. Mas tão feliz. Finalmente. Depois de tanto stresse, de tanto mau humor por causa dos obstáculos que me apareceram à frente consegui superar mais uma prova. À tarde restou-me dormir. Estava exausta. Não aguentava mais. Agora sinto-me mais leve. Agora consigo respirar um pouco melhor. Mais uma etapa superada.


O meu sorriso... Um sopro de vida...

Sinto-me feliz. Tantos dias que me senti sufocada. Não conseguia passar para aqui o que sentia. Nem eu própria sabia o que sentia. E se não fosse toda a vossa força não sei que seria de mim... Obrigado pela coragem que me dão para viver. Amo-vos estrelas da minha vida. E vocês, estrelas do meu céu, obrigado por ouvirem as minhas preces e por estarem sempre comigo em cada minuto da minha vida. Desapareceram deste mundo mas nunca do meu coração... Aqui fica hoje um sopro de vida...

6 comentários:

Nita disse...

Sempre ke precisares da minha cama pa nanar já sabes..
E o confessionário tá smpre aberto ;)

Quanto ao resto do teu post... é axim mesmo! há k viver a vida intensamente =)

Beijoka minha linda*

desarrumado disse...

:)

beijinho, "mosquetona"

Filipe disse...

Nc duvidei ;)
Bjoca e segura esse sorriso*

Ondina disse...

É sempre bom percebermos que a vida vale a pena porque estamos lá!...
PARABÉNS!
Bjinhos

Hugo disse...

É bom ver-te feliz...

Quanto á parte do original...ok...acho ke ser original é bom...lol

Agora cuidado na estrada! :P

Bjinhos

maria disse...

Parabéns atrasados minha princesa! =)
nunca te esqueças que o teu sorriso é a coisa mais importante do mundo e que o brilho dos meus olhos depende dele. *
gosto tanto de ti minha lua!
;D