terça-feira, abril 08, 2008

De costas voltadas
Não se vê o futuro.
Nem o rumo da bala,
Nem a falha no muro.

E alguém me gritava,
Com voz de profeta,
Que o caminho se faz
Entre o alvo e a seta!

4 comentários:

Anónimo disse...

Parece-me que estás a precisar de algo...Eu levo o q precisares. Chama-me...o tlm tá sempre aqui.

Beijinho :)

Celinha 007 =) disse...

Obrigado a ti anónimo... Pela ajuda prestada... Mas gostava de saber quem és =) *

maria disse...

és a minha lua princesa! :D
tenho saudades tuas... *

Pensando a dois disse...

http://mundostaoparalelos.blogspot.com/

espero que gostes minha lua! :D
ass: maria