sábado, abril 11, 2009

Um ritmo avassalador...


Como que a Perceberes que me faltava ritmo e ânimo num dia tão especial como o de ontem, encaminhaste-me para o meio de rufos de tambores, magia de luzes e gritos!


Fiz-me acompanhar de um presente carinhoso que tantas vezes desanima perante a minha entrega a um futuro incógnito. É demasiado ritmo eu sei... Mas é também demasiada vida, demasiada entrega, demasiada ânsia na busca de uma alegria que só encontro no sorriso, no olhar e no abraço das peças fundamentais do meu puzzle de vida. Por sinal são muitas...


Choquei com um passado longínquo e fiquei a pensar porque me trarias tantas recordações... Todas boas por sinal!


Lembrei tempos antigos e tempos mais recentes, mas que não deixam de ser passado. É fantástico sentir que, mesmo após o desencontro, o sentimento de ternura é o mesmo... mas a sede de presença é maior. Muito foi contado e muito ficou por contar, como muito foi sentido e muito ficou por sentir.


Revi olhares rebeldes e desafiadores. Revi olhares meigos e de ternura. Revi olhares de timidez e incómodo. Todos surtiram efeito e enquadraram-se no olhar de felicidade e orgulho do presente que se encontrava ao meu lado.


O som dos tambores tornaram o dia mais vivo... apesar do conceito de morte associado ao mesmo! E eu gostei da diferença marcante, como que a exaltarem o sacrifício que um dia Fizeste.


Como me orgulho de ter aceite o convite. Como me orgulho por teres tornado esta aventura dupla. Porque afinal não estás distraído. Estás atento na ausência que julgo insuportável. Também eu não Te caio em "saco roto" como sabes que ninguém especial me cai em "saco roto". Têm de acreditar em nós, não é?


Enquanto me lembrar que sou feita de ritmo, de batuques fortes e firmes, leves e suaves;
Enquanto me lembrar que necessitarei de gritar no meio do barulho;
Enquanto me lembrar que a minha vida é uma coreografia ensaiada por Ti;
não mais deixarei de viver um ritmo avassalador... TU!


Porque há ainda quem nos surpreenda com rufos de vida!

Amo-te*

3 comentários:

Ondina disse...

Esse é o ritmo da alegria pascal, é o ritmo avassalador de quem acredita na ressurreição, em Cristo Vivo.

Bjos e uma Páscoa Feliz!

Cátia Lima disse...

Não me canso de ver o video...
venho aqui várias vezes só para o ver lol.

GMDT

Verdinha disse...

amei este texto.. parabens..